quinta-feira

Aulas Cerimonia do Cha, Urasenke do Brasil

Aulas Cerimonia do Chá


Informações sobre aulas de Cerimonia do Cha
- É necessário agendar as aulas pelo email  iumi@hotmail.com
- As aulas são individuais e tem duração de 1 hora e o curso pode ser iniciado a qualquer época do ano.
- A duração do curso é infinita, pois o curso não tem fim, estamos sempre aprendendo. Não há um número limite de aulas.

- Não é necessário nenhum conhecimento prévio.
- Traje: Homens Calças Compridas, camisas com mangas e um par de meias brancas
Mulheres Saias abaixo dos joelhos, blusas com mangas e sem decotes e um par de meias brancas.

O que é Cerimonia do Cha?

A Cerimonia do Cha é uma arte japonesa de preparar o cha. Envolve varias artes como a arquitetura, a culinaria, a vestimenta, o ikebana (arranjo de flores),  o shodo (caligrafia), ceramica.

Todas as Cerimonias do Cha da mais simples à mais complicada envolvem a purificacao dos objetos, o preparo do cha e a limpeza dos utensilios. As primeiras aulas sao um pouco chatas porque é preciso aprender os movimentos.

- Ferias de verão 1 dezembro a 20 de janeiro de cada ano a escola entra em recesso.

- Ferias de inverno 1 a 31 julho de cada ano a escola entra em recesso.
- Local: Liberdade (o endereço é informado quando a aula for agendada)
- Curta nossa pagina no Facebook Cerimonia do Cha https://www.facebook.com/CerimoniaCha
- Recomendo a compra do livro texto: Chado Introdução ao Caminho da Cerimonia do Cha, traducao do livro Gakko Chado, Shokyu hen ou Escola de Chado, Nivel Basico. 

- Horários:
Dia

HorárioLocal
Terçamanhã10:00 – 12:00Sala de Chá Hakuei-an
tarde14:00 – 16:00 〃
noite18:00 – 20:00 〃
Quartatarde14:00 – 16:00Escola Oshiman (restrito a alunos do Oshiman)
Sextamanhã10:00 – 12:00Sala de Chá Hakuei-an
tarde14:00 – 16:00 〃
Sábadomanhã10:00 – 12:00Centro de Estudos Japoneses da USP (restrito a alunos da USP)
Domingomanhã10:00 – 12:00Sala de Chá Hakuei-an
*duas sessões por mês

Aprecie uma Cerimonia do Chá: Assista o video: Cerimonia do Cha

https://www.youtube.com/watch?v=FGvwRO3zlpg




email: iumi@hotmail.com
Tel:(11) 5571-3117
http://cerimoniacha.blogspot.com/
Curta nossa pagina no Facebook Cerimonia do Cha https://www.facebook.com/CerimoniaCha
#Cerimoniadocha #Aulascerimoniadocha #Chado #Urasenke 

domingo

Ano Novo - Cerimonia do Cha de Ano Novo - Hatsugama

Hatsugama é o ato de acender o braseiro para o Preparo do Chá pela Primeira Vez no ano.

Em 2019 teremos uma Dupla Cerimônia: Hatsugama e Hatsuike, em conjunto com a Associaçao de Ikebana do Brasil

A Cerimônia do Chá comemora todos os anos o Ano Novo e atrai cerca de 300 pessoas entre praticantes da Cerimônia do Chá e expoentes da Sociedade Japonesa e Brasileira.

Programacao:

11h Exposição de Ikebana e Cerimônia do Chá

13h Discursos

13h30  Kagami biraki - Quebra do Barril de Sakê

13h35 Almoço

14h30 Sorteio

15h Encerramento


Veja os anos anteriores

07/01/2018 Tivoli Mofarrej Hotel http://www.minorhotels.com/pt/tivoli/tivoli-mofarrej-sao-paulo

O Hatsugama de 2018 contou até com a presença do Prefeito










15/01/2017 Hotel Tivoli http://www.minorhotels.com/pt/tivoli/tivoli-mofarrej-sao-paulo

















10/01/2016 Hakuheian

11/01/2015 Buffet Colonial http://www.buffetcolonial.com.br/

12/01/2014 Hakuheian

13/01/2013 Grand Hyatt Hotel https://saopaulo.grand.hyatt.com/en/hotel/home.html

15/01/2012 Intercontinental Hotel https://www.ihg.com/intercontinental/hotels/us/en/sao-paulo/saoha/hoteldetail?cm_mmc=GoogleMaps-_-IC-_-BRA-_-SAOHA

16/01/2011 Buffet Baiúca https://www.zankyou.com.br/f/buffet-baiuca-117

17/01/2010  Tivoli Mofarrej Hotel http://www.minorhotels.com/pt/tivoli/tivoli-mofarrej-sao-paulo

18/01/2009 Intercontinental Hotel  https://www.ihg.com/intercontinental/hotels/us/en/sao-paulo/saoha/hoteldetail?cm_mmc=GoogleMaps-_-IC-_-BRA-_-SAOHA

13/01/2008 Hotel Caesar Park Vila Olímpia http://www.caesarbusinesshotels.com.br/pt-br/

14/01/2007 Marriot Renaissance Hotel http://www.marriott.com.br/hotels/travel/saobr-renaissance-sao-paulo-hotel/

15/01/2006 Buffet Baiúca https://www.zankyou.com.br/f/buffet-baiuca-117

09/01/2005 Hotel Unique http://www.hotelunique.com.br/

11/01/2004 Tivoli Mofarrej Hotel http://www.minorhotels.com/pt/tivoli/tivoli-mofarrej-sao-paulo

Assista e Curta nossa pagina no Facebook Cerimonia do Cha

Hatsugama no Bom Dia SP ou http://globotv.globo.com/rede-globo/bom-dia-sao-paulo/v/comunidade-japonesa-comemora-o-hatsugama-em-sao-paulo/2343378/


Presença de 300 pessoas entre praticantes e expoentes da Cultura Japonesa

Data 13 de Janeiro de 2013
Horario 11h30
Local Grand Hyatt Sao Paulo

Programa:
11h30 Chaseki
12h00 Coquetel
12h45 Abertura do Barril de Sake
13h00 Almoco
14h30 Apresentacao de Video seguida de Quarteto de Cordas ao Vivo
15h Encerramento, Café e Entrega de Presentes

Convites e Confirmacoes por email iumi@hotmail.com




terça-feira

Sequencia de Otemaes com nomes

Urasenke organizes its temae into groups of kyojō 許状 (permission to study). After receiving a certain kyojō, the student can start receiving instruction in the temae covered by that kyojō.
The kyojō are requested by the student’s teacher. They are written by Kyojō-bu at Urasenke headquarters in Kyōto on behalf of Oiemoto. With the kyojō a student is given a membership card in Urasenke. There is a fee for getting a kyojō. The fee is considerably lower for people outside Japan than inside Japan. Sometimes additional fees or percentages of the fees are kept by the local teacher, depending on the local group structure.
Nyumon 入門
Warigeiko 割り稽古 – Separate exercises.
Bonryakudemae 盆略点前 – Round tray and a tetsubin are used.
Hirademae
Usucha Hakobi 薄茶運び – The utensils are carried into the room. A mizusashi, hishaku and kama are required.
Koicha Hakobi 濃茶運び – Basically the same as for usucha, but thick tea is made instead of thin tea.
Shozumi 初炭 – Preparing charcoal before making tea.
Gozumi 後炭 – Preparing charcoal between making koicha and usucha.
Konarai 小習
Kinindate 貴人点 – Making tea for a nobleman.
Kinin Kiyotsugu 貴人清次 – Making tea for a nobleman and his retainer(s).
Chaire Kazari 茶入飾り – Focusing on the relationship between the host and first guest in relationship to the chaire.
Chawan Kazari 茶碗飾り – As above but for chawan.
Chashaku Kazari 茶杓飾り – As above but for chashaku.
Chasen Kazari 茶筅飾り – As above but for mizusashi or kama.
Nagao Chaire 長緒茶入 – Making koicha using a chaire in a Shifuku that has a long cord.
Kasane-jawan 重ね茶碗 – Making koicha for more than 5 people using two teabowls.
Tsutsumi-bukusa 包み袱紗 – Using a natsume in a fukusa instead of a chaire in a Shifuku for making koicha.
Tsubo Kazari 壺飾り – Displaying the chatsubo (jar for tea leafs)
Sumi Shomou 炭所望 – Asking the guest to lay the charcoal.
Hana Shomou 花所望 – Asking the guest to place the flowers.
Irekodate 入子点 – Serving usucha and only entering the room once, good for children and old people who can not easily stand up and sit down.
Bon Kougou 盆香合 – A form of Shozumi using a Kogo with a tray.
Jiku Kazari 軸飾り – Displaying a particularly nice scroll.
Otsu-bukuro 大津袋 – Using a natsume in a special silk pouch instead of chaire in a Shifuku for making koicha.
Shikaden
This is the first group of secret teachings, and no books describing these temae are/should be available. One has to receive this teaching directly from ones teacher.
Satsubako 茶通箱 – Serving two koicha.
Karamono 唐物 – Using a Chinese chaire.
Daitenmoku 台天目 – Using a Chinese teabowl on a stand.
Bondate 盆点 – Using a Chinese chaire on a tray.
Rangai
Wakindate 和巾点 – Using a nakatsugi instead of chaire.
Chabakodate 茶箱点 – Using a box to transport the utensils in.
Unohanadate 卯の花点
Wakeidate 和敬点
Yuki 雪 – Winter chabako
Tsuki 月 – Autumn chabako
Hanadate 花 – Spring chabako
Shikishidate 色紙点 – The “tea box” is replaced by a woven basket.
Okuden
This is the second group of secret teachings, and no books describing these temae are/should be available. One has to receive this teaching directly from one’s teacher.
Gyou-no-gyou daisu 行之行台子 This license and temae procedure (also called “midare,” meaning unmatched) uses the unlacquered daisu table used together with the daitenmoku bowl and karamono chaire, which are placed on a large tray inlaid with a Daoist design of eight trigrams (hakke bon).
Shin-no-gyou daisu 真之行台子 This temae embodies the fundamentals of the most advanced stage of chanoyu. It employs a formal black lacquered daisu, a matching set of bronze utensils (kaigu), and a karamono chaire and its companion tray, and a daitenmoku bowl. The bowl and jar, with its companion tray, are of the omeibutsu category of high-ranking renowned tea objects, identified with the periods of tea history before the time of Sen Rikyu.
Hikitsugi – This license grants permission to teach and issue certificates from Nyumon through Gyo-no-gyo temae.
Betsuden
This is the third group of secret teachings, and no books describing these temae are/should be available. One has to receive this teaching directly from one’s teacher.
Daien-no-sou 大円草 Ennosai, the 13th iemoto, created the Daien-no-so and Daien-no-shin temae using a Daien bon tray. Daien-no-so features both a karamono chaire of a meibutsu category (renowned object) and a Japanese chaire placed on a large tray (Enso bon), and a daitenmoku bowl. No display stand is used.
Daien-no-shin 大円真 This temae uses a formal daisu, a daitenmoku bowl, a karamono chaire (omeibutsu category), and a Daien tray.
Sei-Hikitsugi – This license grants permission to teach and issue certificates through Daien-no-so, Hikitsugi, and Shin-no-gyo.
Special permissions
Chamei 茶名
Monkyo
Fees
This is a list of the prices in USD for the various kyojō. Uncertain if these prices include the fee normally paid to the teacher.
Nyumon, konarai, chabako (set of 3): USD 70
Satsubako: USD 30
Karamono: USD 30
Daitenmoku: USD 30
Bondate: USD 30
Wakindate: USD 40
Gyo-no-gyo daisu: USD 80
Daien-no -so: USD 80
Hikitsugi: USD 180
Shin-no-Gyo daisu: USD 90
Daien-no-shin: USD 90
Sei-hikitsugi: USD 210
Kyojō in Japan
You can request or the teacher may suggest you to apply for the kyojō. The head of the shachu will probably be the one who applies for the license for you, so this may not be your teacher, but your teacher’s teacher. When they apply for the kyojō for you, you should give them the fee of the kyojō.
In about a month, you will receive the kyojō with some ceremony. At that time, you should give O-rei to them equal to half the amount of the kyojō. After this, they will probably give you presents, such as a fukusa or sensu. You should also give O-rei for the presents.
Below is from a chart dated year 2000.
_Shokyuu_
Nyumon, Konarai, Chabako (set): 10000円
_Chuukyuu_
Satsubako: 4000円
Karamono: 4000円
Daitenmoku: 4000円
Bondate: 4000円
Wakindate: 5000円
_Joukyuu_
*Note- Before applying for this level, at least one year should have passed since receiving the Bondate kyojō.
Gyo-no-gyo daisu: 12000円
Daien-no -so: 12000円
Hikitsugi: 25000円
_Koushi_
*Note- Before applying for this level, at least one year should have passed since receiving the Hikitsugi kyojō.
Shin-no-Gyo daisu: 20000円
Daien-no-shin: 20000円
Sei-hikitsugi: 35000円
_Sennin Koushi_
*Note- Before applying for this level, at least one year should have passed since receiving the Sei-hikitsugi kyojō.
Chamei, Monkyo (set): 150000円
_Jokou Uke_
Jun Kyou Uke: 170000円
Fonte https://chanoyu.world/kyojo/

Cerimonia do Cha - Chanoyu - Caminho do cha - Chado

Boa noite = Konnichiwa (vamos nos cumprimentar? Digam Konnichiwa e curve-se para demonstrar respeito)

Meu nome é Iumi Takeda e sou praticante da Cerimonia do Cha há mais de 30 anos. Fui treinada pela minha avó para a 5a Feira Industrial do Japao no Palacio das Convencoes do Anhembi em 1973, o que é uma coincidencia feliz pois deve-se começar a aprender a Cerimonia do Cha com 6 anos, 6 meses e 6 dias.

Chanoyu quer dizer água quente para o chá

Chado quer dizer caminho do chá. Dô é um ideograma composto por 2 radicais: um deles é pescoço pois quando se adentra o caminho do chá, estamos arriscando o nosso pescoço.

Origem do Chá

A China eh o berco do chá.

Ate hoje é o único pais do mundo que produz e fabrica todas as "cores" de cha, que calcula-se, giram em torno de 10 mil. Se tomarmos um cha diferente por dia nao vamos conseguir experimentar todos os tipos

Conta a lenda que um imperador chines aqueceu agua para tomar, mas adormeceu sob uma arvore. Uma brisa soprou e algumas folhas cairam na tigela com agua quente. Quando acordou, tomou a agua com as folhas e estava descoberto o cha em infusao.

O nome cientifico do cha eh Camellia sinensis. A Camelia sinensis é um arbusto sempre verde, cujas folhas se nao sao logo secas depois de colhidas comecam a oxidar. Este processo lembra a maltizacao da cevada, as folhas ficam progressivamente escuras, assim que a clorofila se quebra.

O cha eh classificado em 4 grupos principais, baseados em seu grau de oxidadacao:

- Cha Branco - folhas jovens que nao sofreram processo de oxidacao.
- Cha Verde - a oxidacao eh parada pela aplicacao de calor
- Oolong - a oxidacao eh parada entre o cha verde e o cha preto
- Cha Preto - depende da regiao tem nomes como Daarjeling, Assam, Ceilao, Nilgiri

O Chá que bebemos na Cerimônia do Chá é o Chá Verde colhido dos Brotos da folha da Camellia sinensis.

Como preparar o cha
Os bules de cha sao pequenos para que se coloque apenas a quantidade de agua que se vai tomar.

Aquece-se a agua quente ateh formar pequenas bolhas no fundo e nas laterais da chaleira.

Coloca-se a agua quente nas xicaras de cha para aquece-las e devolve-se a agua para a chaleira, o que já diminui a temperatura do chá;

O ideal eh nao utilizar cha em sache, mas sim em folhas, que devem ser colocadas em infusor.

 Coloca-se o infusor 2 a 5 minutos, seguindo as instrucoes do cha escolhido.

No Japao, a chaleira com as folhas de cha sao utilizadas ao longo do dia. Nao se deve deixar com agua para que nao esfrie e fique amargo.

Cerimonia do Chá ou Chanoyu

A Cerimônia do Chá valoriza o momento presente: o passado já foi e o futuro ninguém sabe. Em portugues, a palavra presente tem 2 significados:

Agora

E

Ser uma dádiva estarmos aqui juntos para compartilhar um momento, um encontro, uma tigela de chá.

Sen no Rikkyu é o fundador de nossa escola e iniciou em 1570, quase a idade do Brasil e envolve 4 princípios: Harmonia, Pureza, Respeito e Tranquilidade.

Harmonia entre o Convidado e o Anfitriao

Pureza - purificar os utensilios

Respeito

Tranquilidade.

A Cerimônia do Chá engloba várias artes japonesas: a Arquitetura, a Cerâmica, a Culinária, a Caligrafia, o Vestuário, o Arranjo de Flores, entre outras.

A Arquitetura pode ser observada na porta para entrarmos a sala de chá que deve ter 60 cm de altura para que qualquer pessoa precise abaixar a cabeça para entrar.

A Cerâmica - as xícaras de chá japonesas  não tem asa porque ao contrário do senso comum, a mão é mais sensível que a boca. Se você não consegue segurar, não vai conseguir tomar.

A Culinária pois a Cerimônia de Chá completa dura 4 horas quando primeiro é servida uma pequena refeição chamada Kaiseki, onde Kai = quente e Seki = Pedra, pois quando os monges estavam meditando nao tinham tempo de comer e pegavam uma pedra quente próximo ao estômago e esse calor "saciava" a fome.

O Vestuário - utiliza-se o kimono. Quando a mulher é solteira usamos um kimono de mangas longas e cores vivas. Após o casamento o kimono tem mangas curtas e cores mais sóbrias. A parte de trás da manga é aberta para ser usada como "bolso". Não se valoriza o decote e sim a nuca.

O Arranjo de flores como estão na natureza. Não se deve entregar um buque de flores pois não é assim q elas estão na natureza.

Como o chá é amargo, antes de tomar, comemos um doce para contrabalançar o amargo. O doce deve estimular os 5 sentidos: Visao, Olfato, Paladar, Tato, podemos entender, mas e a Audição? A audição é o nome do doce.

"O que, precisamente, são as mais importantes coisas que precisam ser entendidas numa cerimônia de chá?" Esta pergunta foi feita a Sen Rikyu por um discípulo.

Sua resposta: "Prepare uma deliciosa tigela de chá; disponha o carvão de modo a aquecer a água; arranje as flores tal como elas estão no campo; no verão surgira frescor, no inverno calor; prepare tudo com antecedência; prepare-se para uma eventual chuva; e dê àqueles com quem se encontrar toda consideração."

O discípulo, um tanto desapontado com essa resposta, onde não encontrou nada de importância tão grande que pudesse supor ser um segredo da prática do chá, disse: "Isso tudo eu já sabia..."
Rikyu respondeu: "Então, se você pode conduzir uma cerimônia do chá sem desviar-se de nenhuma das regras que eu acabei de expor, eu me tornarei seu discípulo."

Entender as Sete Regras de Rikkyu é fundamental para realizarmos uma cerimonia do cha:

1 -"Prepare uma deliciosa tigela de chá" = Chawa fukuno yoki yohi tate

2-"Disponha o carvão de modo a aquecer a água" = Sumiwa yuno waku yoni oki

3-"Arranje as flores tal como elas estão no campo"= Hanawa noni aruyoni

4-"No verão surgira frescor, no inverno calor" = Natsuwa suzushiku, fuyuwa atatakani

5-"Faça tudo com antecedência" = Kokugenwa hayameni 

6-"Prepare-se para uma eventual chuva" = Furazutomo ameno yoi

7-"Dê àqueles com quem se encontrar toda consideração."  Aikyakuni kokoro seyo

sexta-feira

Dialogos na Sala de Cha - Haiken - Por que falamos o que falamos

Ichigo, ichie  - um momento, um encontro

Valorize cada Encontro pois ele nao se repetirá.

Treasure every moment, for it will never recur.


Cada reuniao eh uma oportunidade para uma experiencia unica que jamais ocorrera outra vez na vida de uma pessoa.

Dialogos para o Usucha temae

No início com sensu, sem fukusa

1 - Anfitriao diz: Nome do Procedimento onegai shimasu. (para o professor)

2 - Anfitriao cumprimenta o convidado

Quando o Anfitriao pega o chachaku para colocar o chá no chawan

3 - Anfitriao diz: Okashi o doozo (pode comer o doce)

Quando o Convidado recebe o chá

4 -  Convidado diz : Otemae choodai itashimasu (obrigado pelo cha)

Quando o anfitriao joga a agua quente do chawan no kensui:

5 - Convidado: Doozo oshimai kudasai (por favor pode terminar)

Quando o anfitriao coloca o chawan no tatam:

6 - Anfitriao: Oshimai sashite itadakimasu (Obrigado, vou terminar)

Quando o anfitriao tampa o mizusashi

7 - Convidado: Onatsume, ochachaku no haiken o (gostaria de apreciar o onatsume e o ochachaku)

Quando o anfitriao volta para a sala 

8 - Convidado: Doomo arigatou gozaimasu (Muito obrigado). Onatsume no okatati wa? (qual a forma do Natsume?)

9 - Anfitriao: Rikkyu gata chuunatsume de gozaimasu (Forma de Rikkyu, natsume medio)

10 - Convidado: Onuriwa? (quem laqueou?)

11 - Anfitriao: Sootetsu de gozaimasu. (Sootetsu)

12 - Convidado: Ochachaku no osaku wa? (quem fez o Chachaku?)

13 - Anfitriao: Tantansaisooshotetsu de gozaimasu (Tantansai - XIV Grao mestre)

14 - Convidado: Gomei wa? (qual o nome do Chachaku?)

15 - Anfitriao: Matsukaze de gozaimasu (vento nos pinheiros) - em geral os nomes no usucha sao relacionados as estacoes do ano e temas concretos.

16- Convidado: Sakihodo no okashimo doomo arigatou gozaimasu (agradeco tambem o doce)

Dialogos para o Koicha temae

No início com sensu, sem fukusa

 - Anfitriao diz: Nome do Procedimento onegai shimasu. (para o professor)

 - Anfitriao cumprimenta o convidado

Quando o Convidado toma o chá

 -  Anfitrião diz : Ofukaguen ikagá desuka? (o sabor está bom?)

Quando o Convidado termina o chá

 - Convidado: Ochamei wa? (qual o nome do chá?)

 - Anfitriao: Fukumukashi de gozaimasu (nome do chá é fukumukashi)

 - Convidado: Otsume wa? (qual o nome do fornecedor?)

 - Anfitriao: Ippodo de gozaimasu  (Ippodo)

- Convidado: Senkoku no okashimo doomo arigatou gozaimasu (agradeco tambem o doce)

Neste ponto, tenho uma observacao curiosa. Eu sempre imaginei que esses chás nao existiam mais, que apenas falávamos, mas o Fukumukashi e a Ippodo existem. E tem até uma filial em Nova York

 Este é o Fukumukashi. Caso queira comprar custa US$ 8.11 e o site da loja é http://www.ippodo-tea.co.jp/en/

Quando o anfitriao coloca o chawan no tatam:
 - Anfitriao: Oshimai sashite itadakimasu (vou terminar o otemae)

Quando o anfitriao tampa o mizusashi

 - Convidado: Ochaire, ochachaku, oshifuku no haiken o (gostaria de apreciar o o Ochaire, ochachaku e oshifuku)

 - Convidado: Doomo arigatou gozaimasu (Muito obrigado). Ochaire no okatati wa? (qual a forma do Chaire?)

- Anfitriao: katatsuki de gozaimasu (com ombros (kata))

- Convidado: Okamamoto wa? (onde fica o forno?)

 - Anfitriao: Seto de gozaimasu. (Na cidade de Seto)

 - Convidado: Ochifuku no okireji wa? (qual o desenho do ochifuku?)

- Anfitriao: ______ de gozaimasu

 - Convidado: Oshitate wa? (quem costurou?)

 - Anfitriao: Yuko de gozaimasu (Yuko)

 - Convidado: Ochachaku no osaku wa? (quem fez o Chachaku?)

 - Anfitriao: Tantansaisooshotetsu de gozaimasu (Tantansai - XIV Grao mestre)

 - Convidado: Gomei wa? (qual o nome do Chachaku?)

 - Anfitriao: Kansha de gozaimasu (Gratidão) - em geral os nomes no koicha sao relacionados a temas mais abstratos.

- Convidado: Doomo arigatou gozaimasu (obrigado)


#Cerimoniadocha #Chado  #Caminhodocha

quinta-feira

Senke-Jusshoku - As 10 famílias Artesãs da Cerimônia do Chá


O Iemoto (Grão Mestre)  tem variados utensílios de chá que são produzidos de acordo com seus preferências por famílias artesãs (shokunin). Estas 10 famílias artesãs são chamadas de Senke Jusshoku, e  produzem as peças através de gerações.

1- Laca (Natsume) - Nakamura SOTETSU 13 Geração
2 - Montagem de Caligrafia - Okumura Kichibe 12 Geração
3 - Cerâmica - EIRAKU Zengoro 17 Geração
4 - Metal - Nakagawa Joeki 11 Geração
5 - Chaleiras de Ferro  (Kama) - ONISHI Seiemon 16 Geração
6 - Bambu - KURODA Shogen 13 Geração
7 - Tecido (Oshifuku) - Tsuchida YUKO 12 Geração
8 - Tigelas de Chá (Chawan) - RAKU Kichizaemon 15 Geração
9 - Laca Ikkanbari - Hiki Ikkan 16 Geração
10- Marcenaria (Chabako e Satsubako) - Komazawa RISAI 14 Geração

segunda-feira

Gomei - nomes poeticos de utensilios

Gomei sao nomes poeticos dados a alguns utensilios


Gomei sao normalmente dados a: 

Chashaku


Para Koicha os nomes sao mais formais e relacionados ao Zen, enquanto que para  Usucha sao leves e ligados a estacao do ano.

Lista de Gomeis Usucha

http://nihonjinron.wordpress.com/gomei-%E9%8A%98/.

Lista de Gomeis Koicha


Abaixo segue uma lista de gomeis formais para Koicha  http://nihonjinron.wordpress.com/2013/03/22/formal-gomei/:
相生
あいおい
aioi
double life (pecifically, this refers to the famed double-trunked pine tree at Takasago) - Dupla vida

永寿
えいじゅ
eiju
longevity - longevidade

老松
おいまつ
oimatsu
ancient pine - pinheiro antigo

果報者
かほうもの
kahoumono
the fortunate - o afortunado

嘉祥
かしょう
kashou
herald of joy - alegria

かつ
katsu
thirst - sede

閑居
かんきょ
kankyo
idyll (leisure)

感謝
かんしゃ
kansha
gratitude - gratidao

吉祥
きっしょう
kisshou
auspicious - auspicioso

慶雲
けいうん
keiun
auspicious clouds - nuvens auspiciosas

好意
こうい
koui
favour - favor

好日
こうじつ
koujitsu
fair day - dia justo

高台寺
こうだいじ
koudaiji
Koudai-ji (the zen temple)

古今
こきん
kokin
then and now - antes e agora

心の友
こころのとも
kokoro no tomo
friend of the heart - amigo do coracao

寿
ことぶき
kotobuki
longevity - longevidade

独楽
こま
koma
koma top (the koma top was a crest given to Rikyu by Hideyoshi, thus we can see its colours or shape often used in tea utensils)

寿老
じゅろう
jurou
longevity - longevidade

しずか
shizuka (sei)
quiet - silencio

初心
しょしん
shoshin
beginner’s heart - coracao de iniciante

瑞雲
ずいうん
zuiun
auspicious clouds - nuvens auspiciosas

末広
すえひろ
suehiro
deep and wide - largo e profundo

静寂
せいじゃく
seijaku
stillness - quietude

洗心
せんしん
senshin
pure heart - coracao puro

高砂
たかさご
takasago
high embankment (Takasago is a place near Sumi-no-ye famed for its antiquity and double-trunked pine tree)

宝船
たからぶね
takara-bune
treasure boat - barco dos tesouros

知足
ちそく
chisoku
contentment (from Laozi: “He is rich who knows contentment.”)

千歳
ちとせ
chitose
thousand years - 1000 anos

鶴亀
つるかめ
tsuru kame
turtle and crane - tartaruga e cegonha

徒然
つれづれ
tsure-dzure
idleness (there is a famous work of literature called “Tsure-dzure Kusa” or “Essays in Idleness”)

天下泰平
てんかたいへい
tenka taihei
peace on earth- paz na Terra

常盤
ときわ
tokiwa
evergreen - sempre verde

和やか
なごやか
nagoyaka
gentle - gentil

ひじり
hijiri
sacred - sagrado

福笑
ふくわら
fukuwarai
laughing fortune - fortuna sorridente

無事
ぶじ
buji
safety - seguranca

万古
ばんこ
banko
from on old

平安
へいあん
heian
peace (the former name of the former capital of Japan)

直心
まごころ
magokoro
true heart (a related term is “Sekishin” or “Crimson Heart”)

mu
nothingness

無一
むいち
muichi
nothing (from the zen phrase “Honrai Muichi Motsu” or “In the beginning, we have nothing.”)

無心
むしん
mushin
no mind

山里
やまざと
yamazato
mountain village - vila na montanha

ゆめ
yume
dream - sonho

喜び
よろこび
yorokobi
joy - alegria

wa
harmony - harmonia

和敬
わけい
wakei
harmony and respect

若人
わこうど
wakoudo
young man - jovem

和楽
わらく
waraku
peace and quiet - paz e silencio

Another brief list can be found at http://nihonjinron.wordpress.com/gomei-%E9%8A%98/.